Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda sobre a tributação "demasiado" alta ou baixa

por pedrop, em 27.03.15

Os dados no post anterior respondem a uma questão em termos relativos. Mas carecem dum esclarecimento. É claro que um país pode escolher, económica e ideologicamente, ter tributação mais alta ou mais baixa. A Finlândia tem-na (44% do PIB) bastante acima da média da OCDE, o que pessoalmente me parece equilibrado pelos fins a atingir - um estado social efetivo e universal e uma sociedade redistributiva, em nome da igualdade. Obviamente, não se pode fazer uma comparação e, apenas em função duma média de países, julgar que os tributos dum determinado país são "demasiado" altos ou baixos. Podem estar na média, ser mais altos ou ser mais baixos do que a média, desde que isso resulte duma escolha legítima e consciente, em função dos fins a atingir e dos custos do meio utilizado. Não pode nem deve é estabelecer-se uma "verdade" por via duma intoxicação repetitiva, sem assumir os pressupostos ideológicos de que se parte, nem ao que se vai em termos de resultados sociais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41