Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Espantos com a saúde

por pedrop, em 07.02.15

Espanta-me que as opções de tratamento de doenças dependam da capacidade mediática e de denúncia das pessoas. Espanta-me o excessivo poder da indústria farmacêutica em situações limite. Espanta-me que o governo não admita, pelo menos, que a denúncia o ajudou a negociar com as farmacêuticas. Espanta-me que esse mesmo governo agora possa desembolsar 200 milhões de euros, após cortar mil milhões na saúde. Mas é um desembolso inteligente, um investimento que diminuirá custos no futuro. Vão ser curados pacientes com hepatite C que se acumularam ao longo de anos e que, no futuro, exigiriam nova despesa em transplantes, muito mais caros, e outros tratamentos. Espanta-me que nada do género caiba no conceito de "reforma" estrutural da União Europeia. Espanta-me que o PS critique sem propor qualquer reversão nos mil milhões cortados. Espanta-me que a generalidade das pessoas não se espante, apenas criticando um ponto ou outro, sem questionar tudo o que foi cortado e agora se sente, sem censura suficiente para ir à urna de voto pela mudança. Ou talvez já não espante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30