Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sondagens

por pedrop, em 19.04.15

É curioso que um setor político que, há um ano, quando interpelado, fundamentava a capacidade política de António Costa apenas com base nas sondagens da altura agora critique a atenção dada às sondagens sobre Sampaio da Nóvoa, dizendo que não representam a qualidade do candidato. É uma linha de intervenção que dizia ser totalmente inaceitável a margem poucochinha de vantagem do PS com António Seguro, mas que agora nada diz perante a anulação dessa margem nos últimos meses. Sugere até que, afinal, é muito difícil vencer esta maioria. Não surpreende o estado a que o PS chegou para quem tenha estado atento às promessas que iam sendo feitas acerca do seu desempenho futuro, sem qualquer base de sustentação ou explicação sobre como o fazer. Mas já surpreende e não se compreende esta linha de raciocínio ziguezagueante, ainda por cima acompanhada duma crítica em todos os momentos indignada com os argumentos discordantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:11