Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Brexit

por pedrop, em 04.09.18

A saída do Reino Unido da União Europeia entristece, porque se perde um laço, uma ligação. Mas acontece, em boa parte, porque a UE está desmoralizada e porque seguiu um rumo, a partir do tratado de Maastricht, assente na exclusão, no egoísmo e na tecnocracia. A maior integração foi feita à custa da solidariedade. Não faz sentido culpar simplesmente os britânicos. Fazemo-lo em nome de quê? A resposta assenta numa situação hipotética: culpamo-los em nome, não daquilo que a UE hoje é, mas daquilo que juntos poderíamos fazer com que fosse. Portanto, não consegue justificar uma hostilização tão grande. É um peso que os europeus têm de carregar também como responsabilidade própria. O problema é que nem o Brexit tem servido para uma mudança que se exige desde o fracasso da austeridade imposta à Grécia no início da década. Os que, desde o início, identificaram corretamente os problemas continuam sendo ignorados ou, pior, atirados de forma demagógica para o mesmo saco da extrema-direita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20